A reencarnação confirmada...

02/09/2020 14:04

            Acabei de ler na internet a informação de Gregório Faria sobre a crença em ideologias que, mesmo sendo reiteradas vezes um fracasso, persistem em ser levadas a sério por diversos acadêmicos. Faria cita Yuval Harari, o qual, no seu livro Sapiens, afirma que o ser humano teria sido, noutras palavras, programado para crer. Quando isso não ocorre, o vazio deixado pela crença religiosa é ocupado por ideologia que se torna fé a ser defendida com fanatismo irracional.

            No caso da crença espírita, um dos países mais refratários à lei natural da reencarnação foram os Estados Unidos. Curiosamente, nesse tempo em que as ideologias ocupam seus espaços nas universidades, é de lá, da chamada terra do Tio Sam, que têm vindo as pesquisas e relatos mais contundentes sobre a lei do retorno. Infelizmente essas pesquisas, mesmo tendo sido realizadas por pessoas sérias, são menosprezadas pelos adeptos das ideologias humanas que insistem em afirmar que "viemos do pó e ao pó voltaremos" no seu sentido literal.

            Nada disso nos deve preocupar. A luz brilhará para todos...

            Jesus foi enfático ao dizer: "Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará". O ser humano ainda está na infância espiritual, se considerarmos que a Terra possui em torno de 4,5 bilhões de anos e aqui só iniciamos nossa jornada há aproximadamente trezentos mil anos. Mas há milênios vimos recebendo as orientações sobre nossa natureza espiritual pelos enviados divinos, chamados profetas ou messias, como Krishna, Buda, Confúcio, Moisés,  Isaías, Sócrates e, por fim, o maior de todos eles, por ter sido encarregado por Deus de presidir à organização da vida na Terra: Jesus Cristo.

            Se não houvesse a reencarnação, a evolução intelectual e moral desses Espíritos, sempre muito superior às dos seus contemporâneos, e mesmo ainda hoje, não teria explicação somente pelas leis da matéria. E por que ainda há tantas pessoas asselvajadas no mundo? Perguntará o leitor. Porque a maioria de nós ainda está na infância espiritual, conforme dissemos acima. Só os que se esforçam em superar o instinto animal com base nas qualidades do espírito: conhecimento e amor, avançam em direção ao Reino dos Céus, conforme Jesus deixou bem claro em seu Evangelho.

            Já falamos de Brian Weiss, em nossa crônica anterior. Agora, vamos começar pela americana Jenny Cockell que se nunca esqueceu sua encarnação anterior noutro país.  Ela se recordava, desde criança, do nome e formato da igreja da cidade, das suas ruas, do comércio, da casa e do nome dos familiares da existência anterior, alguns destes ainda vivos.  Quando adulta, as lembranças persistiram e ela resolveu conferir, na cidade de Malahide, na Irlanda, onde nunca estivera, se isso não seriam fantasias. Ali, todas as suas recordações corresponderam ao que viu, inclusive os familiares da existência passada que ainda viviam.

            Sua história, apenas mais uma dentre inúmeras outras, confirmadas por cientistas responsáveis, inspirou filme, e a Federação Espírita Brasileira publicou seus relatos na obra Minha vida em outra vida. E nós diríamos: haverá coisa mais importante, para o incentivo ao nosso progresso intelectual e moral do que adquirir a certeza de que somos imortais e de que fomos criados para ser felizes? Por saber disso é que Jesus nos recomendou: Sede perfeitos!...

Espiritualidade e PolíticaEspiritualidade → Crônicas Espíritas A reencarnação confirmada...