Bibliografia Secundária em Português

10/07/2020 20:24

BOBBIO, N. Locke e o direito natural. Trad. Sérgio Bath. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1997.

BOBBIO, N.; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de Política. 11ª ed. Brasília: Editora da UnB, 1998. (verbete: contratualismo)

BOBBIO, Norberto; BOVERO, Michelangelo. Sociedade e Estado na Filosofia Política Moderna. São Paulo: Brasiliense, 1986.

BONAVIDES, Paulo. Do Estado Liberal ao Estado Social. 5. ed. Belo Horizonte: Del Rey, 1993.

BORON, Atilio A. (org.). Filosofia política moderna. De Hobbes a Marx. Buenos Aires/São Paulo: CLACSO, Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales; DCP-FFLCH, Departamento de Ciencias Politicas, Faculdade de Filosofia Letras e Ciencias Humanas-USP, 2006, p. 287-330. Acessado em 11/02/2016.

CHAPPELL, Vere. Locke. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2011.

CHÂTELET, François, DUHAMEL, Olivier, PISIER-KOUCHNER, Evelyne. História das Idéias Políticas. Trad. Carlos Nelson Coutinho. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1990. 399p. [Título do original: Histoire des idées politiques].

CHEVALLIER, Jean-Jacques. As grandes obras políticas de Maquiavel a nossos dias. 6. ed. Rio de Janeiro: Agir, 1993.

CONSTANT, Benjamin. “Da liberdade dos antigos comparada à dos modernos”. In: Filosofia Política no. 2. Porto Alegre: L&PM, 1985.

DUNN, John. Locke. Trad. Rouanet, Luiz Paulo. São Paulo: Edições Loyola, 1984.

FERREIRA, António Gomes. Três propostas pedagógicas de finais de seiscentos: Gusmão, Fénelon e Locke. Coimbra: Universidade de Coimbra, 1988.

GHIGGI, Gomercindo; OLIVEIRA, Avelino da Rosa. O conceito de disciplina em John Locke: o liberalismo e os pressupostos da educação burguesa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1995.

GRONDONA, Mariano. Os Pensadores da Liberdade: de John Locke a Robert Nozick. São Paulo: Mandarim, 2000.

HILL, Christopher. Origens intelectuais da Revolução Inglesa. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

JORGE FILHO, Edgard José. Moral e História em John Locke. São Paulo: Loyola, 1992. (Coleção filosofia, 20).

KESSELRING, Thomas. Ética e trabalho em Hobbes e Locke. In: BOMBASSARO, Luiz Carlos (org.). Ética e trabalho: cinco estudos. Caxias do Sul: De Zorzi, 1989, pp. 45-57.

KUNTZ, R. Lo>LAGO, Clenio. Locke e a educação. Chapecó: Argos, 2002.

LEROY, André-Louis. Locke. Trad. António Manuel Gonçalves e Joaquim Coelho da Rosa. Lisboa: Edições 70, 1985. (Biblioteca Básica de Filosofia, 27).

LOSURDO, Domenico. Contra-história do liberalismo. Trad. Govanni Semeraro. Aparecida: Ideias & Letras, 2006.

MACPHERSON, C.B. A teoria política do individualismo possessivo (The Political Theory of Possessive Individualism, Hobbes to Locke). Trad. de Nelson Dantas. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 1979.

MACFARLENE, L. J. Teoria política moderna. tradução do inglês: Jorio Dauster M. e Silva. Brasília: UNB, 1981.

MANENT, Pierre. História do Liberalismo. Dez Lições (Histoire Intellectuelle du Libéralisme: Diz leçons). Trad. de  Vera Ribeiro; rev. de Pedrina Ferreira Faria. Rio de Janeiro: Imago Editora, 1990.

MELLO, Leonel I. A. John Locke e o individualismo liberal. In: WEFFORT, F. (org.). Os clássicos da política. Vol. 1, São Paulo: Ática, 2001, p.79-89.

MERQUIOR, José Guilherme. O liberalismo antigo e moderno. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1991.

MICHAUD, Ives. Locke. Trad. Lucy Magalhães. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1991.

MOSCA, Gaetano. História das Doutrinas Políticas. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1983.

PAIM, Antônio. Evolução Histórica do Liberalismo. Belo Horizonte : Itatiaia, 1987.

QUIRINO, C.G.; VOUGA, C. et al. Clássicos do pensamento político. São Paulo: Edusp, 1998.

QUIRINO, Célia Galvão; SADEK, Maria Tereza (orgs.). O pensamento político clássico: Maquiavel, Hobbes, Locke, Montesquieu, Rousseau. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

RAWLS, J. O liberalismo político, Trad. Dinah de Abreu Azevedo. Brasília: Editora Ática, São Paulo, 1993.

SABINE, George H. História das Teorias Políticas. Vol. 2. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961.

SILVA, Saulo H. S. Tolerância civil e religiosa em John Locke. São Cristóvão: Editora da Universidade Federal de Sergipe, 2013.

___. “Entre a razão e a revelação: o paradoxo da filosofia moral e religiosa de John Locke”. In: SANTOS, Antônio Carlos dos (Org.). Entre a cruz e a espada. São Cristóvão: Editora da Universidade Federal de Sergipe, 2010.

___. “Robert Filmer, John Locke e a controvérsia sobre a origem e a extensão da autoridade política”. In: PEREIRA FILHO, Antônio José; BALIEIRO, Marcos Ribeiro (Org.). História e política no pensamento moderno. Porto Alegre: Redes Editora, 2013.

SKINNER, Quentin. As Fundações do Pensamento Político Moderno. tradução do inglês: Renato Janine Ribeiro e Laura Teixeira Motta. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

STRAUSS, Leo. Direito natural e história. Lisboa: Edições 70, 2009.

TADIÉ, Aléxis. Locke. Trad. Almeida Marques, José Oscar. São Paulo: Estação Liberdade, 2005.

VERGARA, Francisco. Introdução aos fundamentos filosóficos do liberalismo. tradução do francês: Catherine M. Mathieu. São Paulo: Nobel, 1995.

WEFFORT, Francisco C. (org.). Os clássicos da política. 12ª ed. São Paulo: Editora Ática, 1999.

YOLTON, John W. Dicionário de filósofos, Locke. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1996.

 

Filosofia PolíticaFilosofia Política ModernaOs Contratualistas → LockeBibliografia sobre John Locke → Bibliografia Secundária em Português