Enganoso e sedutor discurso da bebida

01/03/2018 08:15

“Sou muito famosa, desejada e disputada. Qualquer um pode ter o privilégio de minha companhia. Estou em, praticamente, todos os lugares. Grande amiga da Humanidade desde o início dos tempos. Sou aquela que ergue os caídos, alivia as dores, engana a fome, tira a sede, ilude o tempo, proporciona esquecimento aos culpados, seca as lágrimas, relaxa os estudiosos e trabalhadores, fornece coragem e atitude aos tímidos, romantismo e paixão aos casais, enfim, consolo e esperança aos desesperados! Apesar de tudo isso há os que, pasmem, me desprezam, consideram perigosa, combatem e querem exterminar! Mesmo assim nada há a temer, não é mesmo?”

 

Ciência Política / Espíritualidade e Política → Crônicas Sociais → Enganoso e sedutor discurso da bebida

Sobre o autor

Luciano Chacha de Rezende

é Analista do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. Especialista em Direito Constitucional pela Universidade Anhanguera-Uniderp (LFG); Especialista em Direito Público pela mesma Instituição; Especialista em Direito Tributário pelo IBET.

contato: lucianochacha@gmail.com