Estamos fazendo a diferença?

03/06/2020 16:33

        Há algum tempo, criamos uma entrevista fictícia com o moderno apóstolo espiritual de Jesus, o Espírito Emmanuel, que, do Mundo Maior, nos enviou milhares de mensagens evangélicas, do mais alto nível moral, pela psicografia de Chico Xavier. Hoje, iniciamos novo trabalho, fruto dessas mensagens, com a pergunta de Jesus, registrada por Mateus: "Que fazeis de especial?" (5:47)[1]

        Emmanuel informa-nos que os espíritas cristãos temos "patrimônios de entendimento" muito além da compreensão normal das pessoas em geral, haja vista sabermos que:

1.  a vida continua para além da extinção do corpo físico;

2. somos alunos temporários da escola chamada Terra;

3. precisamos aproveitar suas aulas na autoiluminação;

4. o corpo de carne não passa de vestimenta provisória;

5. trabalhos e decepções no mundo são meios de educação;

6. a dor impulsiona-nos à elevação espiritual;

7. o que plantarmos hoje colheremos amanhã;

8. Jesus Cristo clareia nossa estrada nas obras de caridade;

9. o trabalho diário é Bênção Divina;

10. ninguém aqui está reencarnado para os prazeres fáceis;

11. nossa missão bem cumprida é meta de nossa perfeição;

12. a justiça é, de fato, equânime;

13. a verdade será surpreendente para todos nós;

14. nossa existência serve-nos de resgate e redenção;

15. nossos pensamentos, palavras e atos darão frutos bons ou maus pelo sem-fim da vida.

        Considerando tudo isso como Oportunidade de Deus a nos conceder felicidade nas nossas obras espirituais, o nobre Emmanuel repete, para nossa reflexão, a frase de Jesus: "— Que fazeis mais do que os outros?"

        E reiteramos a pergunta do Cristo: Estamos fazendo a diferença?

 



[1] EMMANUEL (Espírito). Vinha de luz. Psicografado por Chico Xavier. Brasília: FEB, cap. 60.

 

Espiritualidade e PolíticaEspiritualidade → Crônicas Espíritas Estamos fazendo a diferença?