Quem ensina aprende, e quem aprende ensina

25/08/2021 14:13

            Bom dia, amigos leitores!

            Li uma frase de Paulo Freire com a qual me identifiquei de tal modo que resolvi comprar seu livro intitulado Pedagogia da autonomia.

            Eis a frase desse homem que, por sua vida e obra, foi nomeado patrono da educação brasileira: "Ensinar exige a corporificação das palavras pelo exemplo" (it. 1.6 da pág. 35). Lindo pensamento, não é mesmo? Principalmente quando sabemos que toda a sua vida foi baseada na coerência entre o que ele ensinava e o que fazia.

            Outro ser iluminado, que esteve mais uma vez hospitalizado e que agora já está em casa, sob os cuidados carinhosos de médicos e enfermeiros amigos, é Divaldo Franco. Nunca deixa de responder às mensagens que lhe envio, ainda que esteja sobrecarregado com múltiplas atividades ou mesmo em convalescência, como agora.

            Senti saudades desse ser de luz e enviei-lhe algumas palavras de bom ânimo e satisfação por vê-lo superar mais este momento de hospitalização, em face da idade avançada. Aproveitei para lhe dizer de meu prazer em ler, desde a juventude, todas as obras psicografadas por ele que lhe são transmitidas por Manoel Philomeno de Miranda.

            Gentilmente, mesmo bastante incapacitado, não deixou de me responder, informando que está muito feliz, aos cuidados médicos de pessoas amigas e podendo contemplar a maravilhosa luz de um novo dia. Verdadeiro exemplo de reconhecimento ao próximo e de amor à vida, este dom sublime que Deus nos concede a  cada nova existência no corpo físico.

            Comecei falando sobre a frase de Paulo Freire, agora transcrevo o que se lhe segue, para nosso deleite e reflexão:

O professor que realmente ensina, quer dizer, que trabalha os conteúdos no quadro da rigorosidade do pensar certo, nega, como falsa, a fórmula farisaica do "faça o que mando e não o que eu faço". Quem pensa certo está cansado de saber que as palavras a que falta a corporeidade do exemplo pouco ou quase nada valem. Pensar certo é fazer certo" (op. cit., loc. cit.).

               Não basta, portanto, escrever ou falar bonito. Temos que nos esforçar para, dia após dia, colocar em prática tudo o que aprendemos ou que ensinamos a outrem. Educar é agir assim mesmo, como diz Paulo Freire, com justiça intitulado o "Patrono da Educação Brasileira". Ainda outra frase sua basilar para quem deseja ensinar e aprender é a seguinte: "Quem ensina aprende ao ensinar. E quem aprende ensina ao aprender".

            Abraço fraternal a todos!

 

Ciência Política → Crônicas Sociais → Quem ensina aprende, e quem aprende ensina